Relação de impressão e realidade aumentada será discutida no Congresso Internacional de Tecnologia Gráfica

img

Relação de impressão e realidade aumentada será discutida no Congresso Internacional de Tecnologia Gráfica

No dia 22 de agosto, o Congresso Internacional de Tecnologia Gráfica vai mostrar como a impressão digital está plenamente madura para possibilitar a criação de impressos altamente customizados e criativos. E quando o tema é criatividade, a integração com o mundo digital é um grande passo.

Para mostrar as oportunidades de negócio, o diretor da Midiograf e da Realidade Aumentada Brasil, Edson Benvenho, apresenta a palestra “Impressão digital integrada ao mundo digital”. Ele conta como o empresário de impressão pode entrar neste mercado para oferecer incríveis capacidades aos clientes.

Benvenho ressalta que o impressor precisa conhecer as tecnologias digitais, “pois cada vez mais o cliente terá controle do que quer, quanto e quando quer imprimir. O mercado está cada vez mais eliminando processos intermediários, ficando somente o cliente, a internet e o impressor”.

Apesar do avanço e das possibilidades que a realidade aumentada e outras novas tecnologias podem trazer, Edson Benvenho ainda vê uma barreira dentro do segmento gráfico: “Temos várias gerações administrando as empresas. Ainda temos a velha guarda pensando que o mercado vai voltar a consumir os mesmos produtos nos moldes de antes. O volume de impressos não vai cair, mas sim a personalização e a impressão sob demanda estão ficando muito mais fortes. Antes tiragens editoriais no modelo offset acima de 10 mil unidades de um único título eram muito comuns, hoje imprimem-se as mesmas 10 mil unidades só que com vários títulos diferentes, isso somente a impressão digital torna possível com custos aceitos no mercado”.

Para o empresário, o importante nesse momento é colocar a impressão digital dentro da gráfica, “independentemente do tipo de digital, para que possa assimilar os custos que a digital tem e os processos que ela elimina do modelo offset convencional”.

E para quem quer ir além e ingressar na integração de tecnologias, como começar? Edson Benvenho indica a AR (Realidade Aumentada), por ser mais viável e sustentável ao mercado gráfico. “Precisamos de uma imagem alvo impressa para interagir com vídeos e imagens 3D. Com a AR você direciona o aplicativo para a imagem alvo e obtém muitas interações, tais como jogos, vídeos institucionais, treinamento, montagem de produtos, etc”.

Um exemplo simples de criatividade do impresso com integração em realidade aumentada, cita Benvenho, “é o imã de geladeira de pizzaria que até hoje leva o logo e o telefone, mas com a realidade aumentada, a pizzaria leva um vídeo e a promoção da semana, trocando somente o vídeo vinculado ao marcador, podendo esse vídeo integrar-se com o e-commerce da pizzaria”. Ou seja, o impresso ganha mais vida.

Sobre o Congresso Internacional de Tecnologia Gráfica, Edson Benvenho diz: “Um evento como esse congresso traz ao segmento gráfico um desenvolvimento gigantesco, nos colocando em condições de fornecer produtos e serviços gráficos voltados às necessidades reais dos clientes, muito além do que só imprimir e sim, produtos inteligentes para o mercado interno e externo. Um modelo muito diferente do produzir aquilo que o cliente pedia e sim, oferecendo a eles inteligência e personalização. Onde encontramos isso? Somente em congressos que a ABTG proporciona”, finaliza.

Congresso Internacional de Tecnologia Gráfica

O Congresso Internacional de Tecnologia Gráfica acontece no dia 22 de agosto, no Espaço Milenium, na cidade de São Paulo. A iniciativa tem o patrocínio institucional de AFEIGRAF, drupa, Fedrigoni e Heidelberg. O patrocínio ouro é da HP. O patrocínio prata é da Ricoh. Os patrocinadores bronze são Agfa, Canon, Chambril, Koenig & Bauer e Papirus. O evento é uma realização da Associação Brasileira de Tecnologia Gráfica e APS Eventos Corporativos. Informações em www.congressotecnologiagrafica.com.