Ser diferente: a chave para evoluir na impressão

img

Ser diferente: a chave para evoluir na impressão

O mundo da impressão se atualiza a cada dia e traz com ela inúmeras inovações. Para se destacar neste mercado é preciso estar atento à evolução das tecnologias e fazer algo que te diferencie dos concorrentes, não focando em ser apenas uma gráfica, mas ampliando o seu leque de atendimento ao público com a resposta para várias necessidades.

As gráficas precisam dar mais atenção para as necessidades, e além disso, criar novas demandas para o cliente ter opções que o destaquem no mercado. Mas o que fazer para inovar? Como posso ser diferente nesse mercado de impressão digital?

Conversamos com Renato Oliveira, Diretor da Compulaser, uma empresa que tem o “fazer diferente” como pensamento constante. Confira os principais pontos citados por Renato e se inspire:

Seja diferente!

“O que procuramos fazer é ser diferente na solução que oferecemos. Não dá mais para a gráfica apenas pintar papel. Hoje em dia, as que não têm diferencial ficam brigando por preço. A nossa estratégia é buscar por produtos com qualidade e prazo diferenciados.

Seja completo e facilite a vida do seu cliente

O cliente quer, para poder ganhar tempo, uma solução cada vez mais completa. Não dá mais pra você focar em apenas um segmento, seja ele comunicação visual, offset, impressão digital, brindes ou só embalagens especiais.

Qual estratégia adotamos? Ser o mais completo possível. Isso fez com que criássemos uma estrutura que contemplasse comunicação visual, brindes, projetos especiais, impressão digital e offset. Hoje temos um diferencial grande, tanto que em alguns materiais nem sofremos concorrência.

Isso gera dificuldade porque, para ganhar know-how para fazer isso, temos que matar um leão por dia. Cada projeto e cada equipamento novo é um desafio.

Nossa estratégia de se manter e se posicionar no mercado gráfico é esse conjunto. É isso que nos sustenta. O nosso cliente chega pedindo um crachá e oferecemos também um banner, um backdrop, etc... É um evento? A gente chega, abraça e facilita a vida do cliente que encontra tudo em um só lugar.

O ‘Start’ para a mudança

O ‘Start’ para mudança de pensamento começou quando percebemos que a demanda começou a cair. As gráficas online começaram a produzir pela metade do valor e, do dia para a noite, os clientes passaram a considerar o nosso preço muito caro. Não tem como frear isso.

Passamos então a buscar alternativas para gerar valor. Uma delas foi adquirir a Scodix e criar um nome próprio para a solução. Por que criamos uma marca? Para o cliente enxergar como um produto nosso e ser direcionado ao nosso canal de venda. Criamos recursos diferenciados que a Scodix faz e nomeamos como Polymer-up.

Nós, por exemplo, conseguimos fazer a impressão metalizada com o recurso da utilização de tinta branca, algo muito especial. Descobrimos uma laminação que consegue imprimir com digital e fazemos efeitos como se fossem várias aplicações de hot stamping. Para chegar a esses resultados, tivemos que ir atrás de uma mídia diferenciada para desenvolver esse recurso.

Novas aplicações e embalagem

Estamos sempre antenados ao que existe lá fora. Pensando em enobrecimento, entramos no mercado de embalagem e, temos um projeto de grande potencial nesta linha para ser lançado no ano que vem.

Ainda dentro desse segmento, estamos sempre buscando inovações, trazendo maior qualidade para as caixas. Temos projetos especialmente em pequenas tiragens, com impressão digital, acabamentos especiais e qualidade superior.

A Criatividade e a “Fábrica de Mockup”

Nós nos especializamos em projetos mais difíceis. As gráficas pedem para o cliente delas falar com a gente, pois conseguimos fazer o que ninguém mais tem capacidade.

Partindo disso, recentemente contratamos uma gerente de projetos só para atender essas demandas.

Criamos uma estrutura de projetos. E vamos lançar no mercado uma “Fábrica de Mockup”. Entendemos que esse é um mercado carente e, por termos soluções completas, temos uma facilidade de construir mockups e atender a essa demanda.

Quando montei esse departamento, que será lançado em breve, pensei ‘O que eu posso fazer para facilitar o dia a dia do meu cliente que chega aqui com uma ideia?’ Me coloquei no lugar da pessoa e de sua dificuldade. Ela chega e fala: ‘Queria uma caixa de papel especial X, com a fitinha da cor Y’. Para conseguir, a pessoa precisaria ir até o fornecedor de papel buscar uma folha, até outra loja pegar a fita, etc.

O que fizemos foi criar um local com cerca de 90% de possibilidades que o cliente pode querer: temos fitas, argolas, papéis, rebite, um arsenal com todas as cores. Cerca de 490 itens e pequenos acessórios que podem ser usados em um mockup.

Alguém pode pensar: “Você é louco, nunca vai usar tudo isso!”, mas eu estou pensando no dia que meu cliente vier aqui e não precisar sair correndo atrás da matéria-prima. Ele pode pedir determinado papel e gramatura e falar “Não ficou legal o laranja, vamos ver a fita rosa” e vai começar a brincar aqui, como um “drive thru” do mockup.

Chega com a ideia, nós fornecemos quem desenha e a matéria-prima e ele sai com o mockup na mão. Temos em nossa estrutura a corte-vinco digital, que nos habilita a imprimir, laminar, aplicar recurso especial, corte-vinco e montar tudo na hora.

Estamos na fase final da estrutura. E fizemos uma parceria com os dois principais fornecedores de papéis especiais.

Busque o novo

Eu vejo que o mercado fica parado. Tem tanta coisa para fazer com criatividade. Você bate o olho e encontra um nicho de mercado. E depois que você faz, muitos vêm atrás. Nós que fazemos algo diferenciado sabemos que a concorrência vem, mas quando ela chega já estamos com outro projeto sendo lançado.

São coisas simples. E por que ninguém faz? Por que ninguém tem a ideia de criar o diferente para o seu mercado? A gente vê tanto gráfico reclamando que está ruim, está ruim, está ruim… para de reclamar, cria! Deixa de ser apenas gráfica e pensa em criar, desenvolver projetos especiais.

A gente sai sempre na frente. A HP lançou ano passado as possibilidades da impressão com tintas fluorescentes. Nós enxergamos algo diferente e recebemos com exclusividade da HP, em primeira mão no Brasil, essas tintas. Ou seja, até o fornecedor nos procura porque sabe que vamos fazer barulho.

Com as tintas, hoje já abertas a todos, criei o “Octógono de Sensações” para mostrar as diferentes possibilidades de uso das tintas fluorescentes. É uma pequena “sala” com uma série de aplicações de impressão. Ela é toda escura e, quando uma luz negra é acesa, você consegue ver o poder da tinta fluorescente.

Esse projeto fez tanto sucesso que o Senai pediu para a deixarmos uma semana lá. Depois, pediram para deixarmos fixo de tanto que gostaram, brincaram até que iriam fazer um abaixo-assinado para que ficasse lá, e foi o que fizemos criando um segundo para nós. E todos que visitam a escola conhecem o Octógono de Sensações Compulaser.

Onde eu posso aplicar? Imagina uma balada onde você não consegue ler o cardápio. Mas esses ambientes sempre têm uma luz negra, e a tinta parece que “pula pra fora”. A mesma coisa acontece com a pulseira e a tinta fluorescente acaba agindo como impresso de segurança.

Estamos trabalhando no projeto de um produto voltado ao mercado de balada e cinema. Imagine estar vendo um filme no cinema com um saquinho de pipoca e aparecer uma luz na sua mão! A gente vai explorando o diferente. O mercado vê e fala: “Onde tem a tinta?”.

Atenção ao fornecedor

Os gráficos deveriam dar mais atenção aos fornecedores, para ouvir as novidades que eles têm. A grande maioria das inovações vem do diálogo com eles, e aqui na Compulaser não precisam marcar dia e hora, basta chegar e eu atendo.

Com isso você cria um relacionamento e quando eles têm novidades, te apresentam na hora. Às vezes eles trazem algo tão legal que você começa a pensar o que fazer com aquilo. E muitos não dão atenção a isso.

Desafios do acabamento

O maior desafio é mão de obra para desenvolver o projeto especial, porque é esse processo que fará toda a diferença. Para isso investimos em uma gerente da área. Quando você cria o projeto, já pensa em todas as dificuldades. Porque caso contrário você terá de reconstruir tudo se alguma etapa der errado.

Comunicação Visual

A comunicação visual vem crescendo e se tornando mais representativa no nosso faturamento geral entre todas as divisões. Oferecemos a impressão e a estrutura para que o cliente faça tudo conosco.

Temos um produto que é um "unifila" com propaganda, uma exclusividade Compulaser. Algo que já existe há cinco anos no exterior. A pessoa está parada na fila e, o que era um espaço desperdiçado agora chamará atenção pelo apelo comercial.

Web-to-print B2B

Um projeto que estamos intensificando é o web-to-print para B2B. Cada vez mais as empresas estão adotando a solução pela facilidade. Temos grandes clientes que já estão nessa linha produzindo materiais. Estamos em um esforço grande para ampliar o Web-to-print, pois é uma demanda que existe.

O Web-to-print tem seu lugar, mas não a ponto de tomar completamente o espaço. Ele oferece soluções padronizadas, e quando você precisa algo diferente, que saia do quadrado, você já não tem a solução.

Ele tem uma tendência de crescimento, mas não vai tomar todo o lugar. Acredito que existe uma linha de clientes que, embora a tecnologia tenha chegado, possui uma cultura enraizada que não admite comprar pela internet, ele quer mandar o pedido, ver a prova.

Acabamento especial

Apesar de não ser em grande escala, existe uma procura por produtos especiais, e tem preenchido nossa necessidade desse tipo de serviço. O que acontece é que o custo, dentro do cenário atual, acaba sendo algo que dificulta a grande aprovação dos projetos especiais.

Fazemos uma divulgação maciça em nosso e-mail e redes sociais demonstrando a possibilidade de recursos que temos. O Guia dos Gráficos gera uma grande demanda, porque o interessado consulta e não encontra onde produzir, então acaba falando com a gente. Somos uma referência para esse tipo de material.

Para finalizar

Seja diferente e seja criativo, porque a era do convencional acabou e quem ainda não acordou vai ficar para trás!”.

 

FESPA Digital Printing 2020

Para saber como as soluções disponíveis atualmente no mercado podem te ajudar a alcançar o diferente, visite a FESPA Digital Printing 2020, a principal feira de impressão digital do país. Ela acontece de 18 a 21 de março no Expo Center Norte, em São Paulo. Você terá contato com as grandes empresas do setor e também acesso a congressos técnicos gratuitos. Inscreva-se agora e concorra a um iPhone: www.digitalprinting.com.br/pt/visitar/cadastro.